• Facilitar a compreensão da importância da formação estética, a partir da reflexão sobre a qualidade das relações, dos espaços e dos materiais.

  • Promover trocas e reflexões sobre percursos formativos e sua importância na construção de um currículo para a infância. 

  • Promover propostas que acesse caminhos da sensibilidade, das múltiplas linguagens, da arte, e do encantamento dos professores.

  • Incentivar diálogos entre o mediador e participantes para construção de  proposta educativa que atenda às necessidades das crianças.

  • Propor caminhos de investigação e reflexão sobre os espaços de formação ao longo da vida.

  • Incentivar a narrativa autobiográfica, para obter uma escuta sensível e atenta.

Todos os dias:

Este é o Viva sua Natureza!, um programa de 21 dias de práticas para ampliar sua conexão com a natureza, fundamentado na abordagem Sharing Nature. Esta é uma iniciativa do Instituto Romã.

 

A metodologia da Sharing Nature foi desenvolvida para facilitar o contato direto e sensível com a natureza. Para o educador ou facilitador que a empregar, vai encontrar um referencial precioso para obter o melhor dos seus grupos. A delicadeza e a sensibilidade necessárias para uma percepção mais profunda da natureza se expressam facilmente quando a metodologia é empregada.

As atividades desenvolvidas ou adaptadas por Joseph Cornell são, em si, já muito interessantes. Mas a aplicação da metodologia é muito mais eficaz, e ajuda o facilitador a convidar as pessoas a interagir com a natureza de forma divertida e ao mesmo tempo, profundamente sensível.

Além de seu uso nas vivências com a natureza, essa metodologia pode ser empregada em qualquer situação de aprendizagem, pois o educador desenvolve um olhar mais apurado sobre como ajudar as pessoas a focar a atenção e perceber o fluxo vivo do qual fazemos parte.